Edmilsonpsol
Portal do deputado federal Edmilson Rodrigues | psol

Edmilson palestra sobre o exercício da administração pública municipal a mestrandos da UFPA

20 de novembro de 2013

Edmilson Rodrigues (PSOL), que é professor Doutor em Geografia e ex-prefeito de Belém, palestrou na última segunda-feira, 18, estudantes do mestrado em Ciência Política, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Pará (UFPA). O tema da palestra foi “Virtudes e vicissitudes do exercício da administração pública municipal e da política como profissão”. O evento foi coordenado pelo professor Roberto Corrêa.

Edmilson fez um apanhado histórico sobre a luta da esquerda na conquista da democracia no país, e especialmente no Pará, até chegar ao poder. Defendeu a importância de incentivar a atuação dos movimentos sociais, lembrando as revoluções populares, como a Cabanagem, na condição de movimentos de resistência e de reafirmação da brasilidade, assim como a experiência mais recente de protagonismo amplificada com o Fórum Social Mundial. “Só foi possível resistir aos governos conservadores com a autonomia dos municípios, viabilizada em 1988, que possibilitou a arrecadação”, destacou.

Ele lembrou das experiências de participação popular viabilizadas durante a gestão dele à frente da Prefeitura de Belém, entre os anos de 1997 e 2004, tais como o Congresso da Cidade e o Orçamento Participativo. “Eu participava pessoalmente dessas reuniões para ouvir críticas e sugestões e dar explicações às pessoas”, lembrou. Ele falou da redução pela metade do repasse de recursos da quota-parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de como o orçamento foi triplicado com a realização do cadastro multifinalitário, que identificou 140 mil imóveis até então não identificados em Belém, que ampliou a arrecadação de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), antes restrita a 222 mil imóveis e, ainda, possibilitou conceder isenção a milhares de imóveis localizados em áreas de risco.

O ex-prefeito também recordou as grandes obras realizadas na gestão dele, como o prolongamento da Avenida João Paulo II, a urbanização da Vila da Barca, a primeira etapa da urbanização do Tucunduba, a Praça do Pescador, o Beira Rio, a revitalização da Avenida Almirante Barroso com a criação das ciclovias, o início da obra do Entroncamento, que foi drasticamente modificado pelo sucessor, Duciomar Costa (PTB), e a construção da Estação de Tratamento de Mosqueiro, que foi abandonada pelo petebista.

Leia também