Edmilsonpsol
Portal do deputado federal Edmilson Rodrigues | psol

Edmilson e Marinor discutem soluções para a saúde pública paraense com Alexandre Padilha, Ministro da Saúde

O deputado Edmilson Rodrigues e a vereadora Marinor Brito entregaram ao Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, uma minuta sobre a situação da saúde no Pará. “Estamos solicitando de V. Excia., a adoção de medidas urgentes e concretas para o enfrentamento da crise da saúde pública no Pará, conforme situações descritas nos documentos que estamos lhe entregando, com a estrita observância dos deveres legais da Administração Pública, em defesa do princípio da defesa da vida e da saúde pública como direito social inalienável”, dizia a minuta assinada pelos dois parlamentares, durante audiência realizada no final da tarde de quarta-feira (02), em Brasília (DF).
F
Os psolistas chamaram a atenção ao grave quadro da saúde em Belém e no Pará sob administração dos governos do PSDB, que segundo a ex-senadora, têm virados às costas e deixado o povo entregue à própria sorte com a falta de atendimento à população que necessita da atenção básica e procedimentos cirúrgicos de média e grande complexidade.

Faltam profissionais da saúde, medicamentos básicos e aparelhos para exames essenciais nos hospitais de prontos-socorros. No Estado, a grande “obra” do PSDB foi a ampliação da Santa Casa que depois de quase três anos e inaugurada há poucos dias não esta funcionando com sua capacidade plena e ainda está ameaça pelo projeto privatista de administração tucana.

Edmílson Rodrigues e Marinor Brito entregaram também relatórios elaborados a partir de diligências feitas pela vereadora em conjunto com outros parlamentares de oposição às unidades de saúde e prontos-socorros municipais, dossiê com diagnóstico da saúde mental feito pelo Movimento de Luta Antimanicomial e estudos em curso para uma possível consulta técnica à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, para viabilizar denúncia à Corte pelas condições da saúde em Belém e no Pará.

Também participaram da reunião os senadores do Amapá, Randolfe Rodrigues e João Capiberibe, além do prefeito de Macapá, Clécio Luis.
Foto: Erasmo Salomão (MS).

F

Leia também